LOGO ENBRAGEO COREL.jpg

Especializados em Serviços de Qualidade

Estaca Raiz

 

Em 1952, na Itália, o Dr. Fernando Lizzi, desenvolveu uma nova tecnologia, executando estacas de pequenos diâmetros, originalmente chamadas de “pali radice” (“estacas raiz”, “minipiles” ou “micropiles”).

 

As estacas raiz são concebidas para serem moldadas in loco, onde a diversidade de equipamentos de perfuração, aliados ao seu processo executivo permite que elas possam ser executadas, em quaisquer condições de subsolo, desde solos moles orgânicos até rochas sãs.

 

Inicialmente o seu emprego destinava-se a utilização como reforço de fundação de edifícios históricos e monumentos por oferecer suporte para estruturas e edificações com deformações ou recalques mínimos; não afetar a estrutura cuja fundação estava sendo reforçada; poder ser instaladas em espaços restritos; ser passível de execução em condições diversas de subsolo. Atualmente o seu emprego foi ampliado e é universal. Sua aceitação é unânime com numerosas finalidades, desde contenção de encostas até fundações de edifícios pesados, ou mesmo de alta complexidade.

 

A metodologia executiva destas estacas prevê a instalação rotativa de revestimento no solo/rocha, através da utilização de perfuratriz rotativa ou roto-percussiva. O processo de instalação é facilitado pela circulação de água injetada pelo interior do revestimento, que remove os detritos, formando um espaço anelar rugoso no terreno em torno do tubo. Após a instalação da armação a argamassa é introduzida por bombeamento, de modo ascendente, garantindo o seu pleno preenchimento.

 

O processo executivo de perfuração em solo, aliado à sua concretagem garantem grande resistência lateral de seu fuste, permitindo que estacas com relativo diâmetro, alcancem cargas geotécnicas de elevada monta.

 

A ENBRAGEO é reconhecida no meio da Engenharia Geotécnica como uma das empresas mais capacitadas na execução das Estacas Raiz, sendo inclusive referência nacional.

BANNER SUPERIOR 2.jpg
CACERES (2).jpg

.

BANNER SUPERIOR 4.JPG
BANNER SUPERIOR 3.JPG

Contenção

 

 

As contenções são estruturas destinadas a contrapor-se aos empuxos ou tensões geradas em maciço, cuja condição de equilíbrio é alterada por algum tipo de movimentação e/ou deformação do solo, de modo a prover estabilidade contra a sua ruptura.

 

As obras de Contenção além da estabilização de encostas, são frequentemente utilizadas na criação de subsolos de edificações urbanas, em estruturas que permitam a criação de plataformas em corte e/ou aterros, bem como, praticamente em todo projeto de estradas, de pontes, de canalizações, de saneamentos, de metrôs, etc.

 

A necessidade de escavações, especialmente em obras urbanas, cada vez mais profundas, com edificações que muitas vezes possuem os limites dos subsolos encostados em suas divisas, tem exigido estruturas com paramentos estruturais resistidos por ancoragens injetáveis e protendidas (tirantes), responsáveis por absorver os esforços atuantes.

 

Além da utilização de tirantes como contenção em paramentos estruturais atirantados, também pode, em muitos casos, ser empregada a técnica de melhoria de solo conhecida como “Solo Grampeado” que utilizando chumbadores ou grampos promovem a estabilização geral do maciço.

 

A ENBRAGEO como especialista em soluções de contenção de solos com a utilização de ancoragens em solo, foca sua vasta expertise na utilização de tirantes e chumbadores em todos os campos da geotecnia e fundações, sempre acompanhando o desenvolvimento da tecnologia mundial para o assunto, inclusive muitas vezes de forma pioneira no Brasil, tais como os tirantes auto perfurantes ou tirantes do tipo SBMA-Removível.

 

 

.

 

 

Conheça um pouco dos serviços da ENBRAGEO!